O afeto é revolucionário <3 Todos os dias.

por em amor, Inspira Ação, Toda Coisinha

Esse última dia 08 de março foi especial para mim e de certa forma, revolucionário na minha vida. Acompanhei pela internet a mobilização de muitas mulheres, li textos e histórias incríveis e senti na pele. Chorei, sorri, me identifiquei e também escrevi pra caramba, falei, falei, falei! Uma coisa que percebi é que até pra falar muito a gente pede desculpa. Eu pedi desculpa por ter respondido a um email com textão e depois mais algumas amigas me pediram desculpas por me enviarem mensagens e comentários enormes que eram desabafos, trocas verdadeiras e cheguei à conclusão que a gente não tem que pedir desculpas não! Quero mais que falemos, que botemos pra fora aquilo de bom que a gente tem e também aquilo que nos incomoda. É um exercício e tanto, com certeza transformador e por hora eu resolvi falar de coisas boas e positivas que temos.

Preciso falar sobre o afeto e sobre a força que ele traz, sobre a capacidade de reagir, sobre as vontades que temos e as escolhas que fazemos. Tudo isso se liga ao afeto de uma forma bonita e na força feminina temos um instrumento maravilhoso de transformar afeto em atitude.
fundo de tela
Afeto é literalmente aquilo que nos afeta, nos move e nos torna únicas na maneira como sentimos e como percebemos o mundo. Ele se reflete no nosso trabalho, nas nossas relações sociais, na família, no modo como enxergamos e moldamos o mundo. É bem aquilo que vem de dentro e nos faz reagir, seja de forma positiva ou negativa.

Todo dia é dia de olhar para dentro e pensar como queremos que o que guardamos aqui impacte a nossa volta. Cuide do que você é por dentro e faça da luz que emana para fora a revolução.

Tenho lido bastante sobre feminismo e pensado muito a respeito do tema também. Penso que com afeto e respeito, a nossa chance de sermos ouvidas é muito maior. Estamos juntas e somos fortes e esse é o maior trunfo da luta feminina por igualdade.

Não acredito em revolução que seja feita em velhos moldes de ódio, violência e opressão. A mudança que está por vir é totalmente baseada no afeto, na força individual potencializada no coletivo, na capacidade de desconstruir e reconstruir compartilhando com o mundo o que a gente tem de melhor.

Para falar sobre igualdade é importante refletir sobre o que isso significa para nós e reivindicar. Por isso é preciso entender a importância do papel das mulheres na história coletiva e também na história de cada indivíduo, como fomos tratadas e como somos tratadas e o que é de fato essa diferença que nos assusta.

meninas dia das mulheres

A ideia de ser igual não é sobre haver padrões estabelecidos, mas sim sobre ter liberdade, aceitação e valorização para todos, independente de ser homem, mulher, trans, pluri, ou seja, nada mais do que seres humanos.

Para homenagear as mulheres, minha maravilhosa cunhada e talentosa mais nova ilustradora do pedaço, a Bárbara Rodrigues, criou pra gente ilustrações lindíssimas para serem usadas como fundo de tela de celular e wallpaper para o computador <3

Elas estão disponíveis para download nesse link aqui!

Tá tudo jóia.

Há algum tempo contei por aqui sobre os novos desafios de aprendizado que escolhi no ano passado e desde então, venho praticando e aperfeiçoando para que o dia de hoje finalmente chegasse.

Hoje é o dia em que coloquei minhas primeiras jóias à venda, antes disso vinha aceitando encomendas, mas lançar as peças na Toda Coisinha requer todo um cuidado, um alinhamento ao trabalho e ao momento pelo qual passo. Acho que talvez por isso eu tenha demorado tanto, já que tinha planos que isso acontecesse ainda no ano passado. Teve também toda uma questão de aceitação, uma aceitação bem estranha que é na verdade aceitar que eu sei fazer jóias. Aceitar que você é bom em algo é às vezes, contraditoriamente, a parte mais difícil.

IMG_3322Hoje me sinto mais segura e sei que as coisas só vão realmente se transformar de verdade quando eu conseguir colocar mais desse projeto no mundo e por inteiro, mas esse é o primeiro passo de muitos que virão.

São apenas 3 peças, mas que têm um significado e uma importância enormes.

Vi o ano começando, férias repentinas surgindo (leia mais aqui) e minha vida profissional fora de ordem. Prazos a cumprir, planos para colocar em prática e o coração pedindo para desacelerar e olhar para dentro. Sempre gostei de contar como me viro bem cuidando da casa e do meu trabalho, mas nos últimos meses esse sentimento foi diferente e eu já contei isso por aqui também.
IMG_1076
O ano de 2016 foi de algumas escolhas muito importantes e as consequências começo a sentir agora. Sempre que a gente se depara com uma nova escolha, é inevitável também se deparar com novas mudanças. E essas mudanças estão chegando com tudo: vejo muitas portas se abrindo no meu caminho, mas sabe aquela hora em que fica difícil escolher onde entrar? Minha primeira reação foi tentar organizar tudo por dentro e por fora e dar espaço para a vida fluir.
Certa vez li que os antigos romanos acreditavam que usar uma anel forjado em ferro no quarto dedo da mão esquerda estava ligado ao fato de haver ali uma veia que vinha direto do coração, a Vena Amoris, como eles chamavam. Além disso, esse anel significava a força e a permanência. Tempos depois, cientistas descobriram que essa veia não existe, mas para os românticos assim como eu, é uma explicação bonita sobre coisas que usamos nas mãos e sobre como usamos nossas mãos. Se tem uma parte do meu corpo que eu amo e venero são as mãos e olha que por muito tempo eu não gostei delas. Meus dedos são finos e compridos e a mão magra que só. A vida inteira recebi críticas pelo fato de minha mão não se encaixar num padrão de beleza de mãos que até hoje eu não entendi qual é. Chamavam de mão de E.T., mão cadavérica, enfim, qualquer coisa que pudesse ser considerada feia, exceto por raras pessoas que achavam na verdade que eram mãos de pianista. A que ponto chegamos?
Mais tarde, quando lá pelo ano de 2011 retomei os trabalhos manuais que hoje são a essência da minha vida junto do amor que consegue escorregar pelas pontas dos dedos, vi que minhas mãos eram mais que perfeitas. O dedo fino é agil e trabalha como uma pinça, a mão magrinha consegue atravessar bocas de potes de vidro e trabalha muito bem com terrários e em 2011 também foram essas mãos que ganharam um anel que significava muito uma mudança muito importante.
IMG_3352
Para os antigos egípicios, os anéis usados como símbolo de compromisso e fidelidade entre um homem e uma mulher tinham o poder sobrenatural de tornar o amor eterno. Certamente há muitas explicações históricas para o uso da aliança e a gente sempre escolhe a que se apegar. Eu e o Tiago, meu marido, trocamos nossas primeiras alianças em 2011. Já tivemos aliança de alga do mar, de coquinho, de pedra, de ouro e hoje usamos uma de prata que foi feita por mim, as primeiras que fiz. É claro que elas têm um significado mais que especial, pois simbolizam pra mim a mudança, as escolhas e a simplicidade que a gente busca no amor. Amor esse que nasceu no Carnaval de 2008 e hoje segue firme e forte.
E dessas escolhas importantes que fiz, uma que tem trazido muitos resultados foi ingressar em um curso de ourivesaria. Trabalhar com as mãos mexe comigo por dentro e por fora e é com muita alegria e depois de muita história que hoje lanço as primeiras jóias da Toda Coisinha.
São alianças simples, mas é aí mesmo na simplicidade que mora a maior beleza do amor. Elos que com a forma infinita do círculo lembram a força e a permanência do amor, a união, o respeito mútuo e o carinho, o que também se resume a ser fiel às crenças e às coisinhas em comum quando se é parte de um casal. Para renovar votos, fazer novos pedidos e celebrar o amor de todas as formas <3
Sobre o que vem pela frente, bem, só tenho uma ideia. Mas tem uma parte minha que se apega muito aos pequenos mundos e tenho muitos planos para eles!

6 closes certos para brilhar muito no Carnaval

por em DIY, Faça Você Mesmo, Inspira Ação

Se tem uma coisa que me faz gostar do Carnaval é o exagero de brilho nas roupas e nas fantasias, além de poder criar o close certo que você quiser, do jeitinho que bem entender. E foi exatamente essa a motivação que eu, a Anna, a Diana e a Mari (a filhota) encontramos para nos reunirmos e fazermos umas fotinhas para o Carnaval.

Trabalhamos super na base do improviso, usando os materiais e roupas que já tínhamos em casa para montar os looks e também os acessórios que usamos. Também usamos algumas peças maravilhosas feitas pelas Diana, que tem um trabalho incrível com acessórios para noivas, brincos da Toda Coisinha e a filha modelo mais linda que eu já tinha no acervo <3 E claro, nos divertimos muito!

E o resultado foi esse:

Solaris

Mari_Solaris-5

Look simples: Blusinha com brilho, short branco Pra fazer o close certíssimo: maquiagem lacradora e headpiece Solaris

Se o sol é o centro do Universo, não poderia ser diferente a fantasia que escolhemos para a Mari. Pois bem como disse a Anna, de certa forma quando nos tornamos mães os filhos passam a ser o centro do nosso universo. Mari é assim nos meus dias, essa luz que me guia, me chama na responsa, testa todas as minhas capacidades e me dá um trabalho danado. Mas que eu amo de uma forma que nem sei explicar.

Mari_Solaris-13 Ela mesma se maquiou (coisa que aprendeu no youtube), usou bastante glitter e estrelinhas.

O headpiece é trabalho minucioso da Diana e formado por várias presilhas separadas, que estão à venda por tempo limitado aqui (entregas antes do Carnaval somente no Rio de Janeiro). São vários grampinhos e tramas com lantejoulas, fios de arame e pérolas, tudo feito à mão.

Mari_Solaris-21

Pink Disco Ball Unicórnia

Anna_Unicornio-21Essa é sem dúvida a Pink Disco Ball Unicórnia Sorridente que eu mais respeito. Anna arrasa nas fotos,, nas produções, nos trabalhos manuais e como modelete. E não tenho dúvidas que me juntar a ela pra fazer essas produções especiais é uma das melhores coisas que aconteceu nos últimos tempos.

Anna_Unicornio-13

Os brincos são super fáceis de fazer e tem tutorial aqui no blog. O arquinho também tem link aqui! A blusa é acervo pessoal e causou com o look todo.

Anna_Unicornio-7

Para a maquiagem delicada usamos glitter e lantejoulas furta cor. Tudo colado com vaselina.

Diana Sereia

Diana_Sereia-3

Nossa sereia esbanjou talento e formosura. A produção mais uma vez é simples: ela usou um vestido longo nesse tom marítimo e complementou o look com o colar feito com pérolas e filó (fizemos na hora das fotos) e o Brinco Mini Dente de Leão, da Toda Coisinha.

Diana_Sereia-7

Mais lantejoulas e brilho na maquiagem <3

Diana_Sereia-9

A máscara era parte do acervo pessoal da Diana, que faz todo tipo de acessório incrivelmente lindo. As escamas são de feltro com plástico furta cor por cima e coladas uma a uma.

Estelar

Zilah_Estelar-1

Eis que chegou a minha vez! A fantasia é basicamente o arco que já ensinei como fazer. Link do passo a passo aqui! A roupa nada mais é do que uma saia da Diana usada como tomara que caia <3 Amei!

Para completar o close certo, usei meu Brinco Planetário, que foi uma das minhas primeiras criações em prata e em breve esterá disponível sob encomenda.

Estelar_Solaris-5

Usei também essa modelo maravilhosa pra deixar a foto mais bonita

Lunática

Zilah_DarkSide-5

Melhor saia-vestido

Para fazer a Lunática, troquei só o acessório de cabeça, também tão simples de fazer que até dispensa passo a passo. A lua 3D foi feita no mesmo esquema das estrelas de papel 3D e coladas uma na outra, foram coladas no arco com cola universal e uma tira de feltro. O voilette é uma telinha que você pode franzir e costurar no arco. Dá para fazer com filó e usar no Carnaval, dispensa muitos acabamentos e dá um efeito mais sério. Eu gostei!

Zilah_DarkSide-6

Essa Fada

Zilah_Fada-4

A fada não poderia faltar e apesar de ser uma fantasia bem comum, pra mim nunca cansa. Quando conheci meu marido, no Carnaval de 2008, eu mais 6 amigas usávamos fantasias de fada que eu tinha feito para cada uma. Eram as (Sa)fadas e a gente tinha até musiquinha… ah, a juventude e o Carnaval! hahaha

Zilah_Fada-2

Florzinhas de papel, brilho e lantejoulas para compor

Zilah_Fada-5 Improviso total a fantasia: usamos uma tiara feita na hora com cipó e borboletinhas compradas no Saara, no centro do Rio. O brinco é um acessório da Diana, desses minuciosos com trama de lantejoulas e cristais. Blusa prateada, sainha de filó e uma asa que a Anna fez em 5 minutos modelando o arame macio nas mãos (tem alguns tutoriais no pinterest). Colamos o celofane furta cor com cola de silicone, usamos um tule pra enfeitar e esconder o acabamento, mais um elástico para prender a asa e voilà. 

Zilah_Fada-8

E não podia faltar uma palhaçada

Agora é hora de catar tudo que reluz e montar seu close certo <3 Que esse post tenha sido uma boa inspiração <3

Quadrilha-5

Também não podia faltar uma foto dessa quadrilha <3

Fotos: Zilah Rodrigues e Anna Chedid

Produção: Annita Loja | Toda Coisinha | Diana Benchimol |Mari Karklin

Como fazer: Tiara de estrelas com luz própria

por em DIY, Faça Você Mesmo, Inspira Ação

Não resisto a uma luzinha, isso é fato <3 elas estão espalhadas pela casa inteira e sempre penso em mais lugares ainda para colocá-las. uso nas coisinhas da lojinha, uso em eventos, no dia a dia e agora também nas fantasias de carnaval.

Esse ano uma das maiores tendências, anunciadas inclusive pelo Baile da Vogue, são as constelações. Não sou lá muito ligada em tendência, mas quando gosto de alguma aproveito a proliferação de ideias e mergulho com tudo. É sempre um momento ótimo para explorar novas ideias e possibilidades quando algo que a gente curte está em alta. Aconteceu com os flamingos, aconteceu com rosa quartz e parece que agora já existe uma nova queridinha brilhante pra geral.

E já que estrela tem luz própria, por que não levar isso ao sentido literal?

Zilah_Estelar-7

Brinco Planetário e Arco Estelar

Criamos esse arco estelar inspirado nos arcos em camadas da Can-Can e usamos a criatividade para dar brilho, luz  e estilo próprio à peça sem copiar criações alheias. Nessa hora é preciso cuidado para diferenciar inspiração e cópia, pois pode soar desrespeitoso quando você conhece outras marcas e pessoas que fazem os objetos e acessórios e sem querer ou sei lá se por querer acaba fazendo algo igual. Mesmo quando nos inspiramos, acho super importante também falar sobre as fontes. Tem até quem não goste de compartilhar, mas eu não ligo, já que criar algo completamente do zero é praticamente impossível. Já aqui, quando compartilho um tutorial, quero mais é que façam mesmo, que se divirtam e se der, que mostrem pra gente depois.

Essas estrelas eu tenho certeza que você já conhece de outros carnavais. Ou melhor, de outros natais <3 Tem coisa melhor do que reaproveitar as ideias e as decorações?

O passo a passo das estrelas de papel você encontra aqui no blog! E para garantir que água das mangueiras e e nem da chuva vá estragar sua fantasia, é só usar um papel holográfico, desses que vêm com uma camada de plástico, sabe? Pelo menos até o fim do carnaval seu arco dura! Ou entnao, dá pra fazer de E.V.A, mas sem o efeito 3D.

Com as estrelinhas prontas, você precisará dos seguintes materiais:

materiais arco

– Um arco

– Arame galvanizado fino e bem maleável pra ficar fácil de trabalhar

– Cordinha prateada ou tinta em spray para dar mais brilho ao arame

– Cola quente

– Alicate de bijuteria

– Luzinhas que funcionam com pilha ou bateria (tem na Toda Coisinha e hoje em dia você encontra também em centros comerciais das capitais)
arco2

O primeiro passo é definir o tamanho dos arames que irão compor o arco. Usei dois e medi colocando perto do arco e simulando a altura que eu gostaria que ficassem. O arame já vem enrolado e no formato, então é fácil saber. Aí você corta com o alicate, deixando uma sobra de +- 6cm para poder enrolar as pontas no arco. Cuide de não deixar nenhuma ponta saliente para não correr o risco de machucar a cabeça.

Fiz o processo cm os dois arames, um de cada vez, deixando um maior que o outro como podem ver.

arco3

Com a base pronta, usei cola quente para juntar a cordinha no arame. Você pode usar também cola universal, é mais segura e tem mais garantias que a cordinha não se soltará. Nesse passo também você pode usar tinta em spray prateada, cola e glitter, o que achar melhor para o acabamento ou o que estiver mais à mão.

arco4

Depois é só colar as estrelas com a cola quente mesmo e finalizar passando as luzinhas. Deixei uma parte razoável do fio e da caixinha de pilha soltos para poder acomodar direitinho na parte de trás da roupa ou perto da nuca.

arcopronto

Adorei muito o resultado e as fotos feitas pela Anna ficaram liiindas <3

Zilah_Estelar-1

O brinco é uma das minhas primeiras criações em prata – -em breve as encomendas estarão abertas <3

Quem gostou faz igual! <3

Fotos: Zilah Rodrigues e Anna Chedid

Produção: Annita Loja | Toda Coisinha | Diana Benchimol