Conheça a Mari e o Vida Ilustrada (e de quebra você ainda pode ganhar uma ilustração)

Recentemente conheci uma figurinha colorida da internet que já chegou chegando, garantindo seu espaço na minha listinha de gratidão.

Captura de Tela 2017-07-24 às 12.54.17Estou falando da Mari Reis Luz (ela tem luz no sobrenome e no coração), que toca o projeto Vida Ilustrada, pelo qual me encantei! Mari tem 24 anos e é graduanda em Design. Ela mora em São Luís do Maranhão, lugar que desejo conhecer em breve e aproveitar para tomar um cafezinho com ela. Mari tem um projeto pessoal que mistura fotografia e ilustração, através do qual ela transforma pequenos sonhos, anseios, sentimentos em arte e ilustrações delicadas.

Ela me contou um pouquinho sobre o Vida Ilustrada e como ele surgiu. É uma história tão bonita e verdadeira que faço questão de dividir aqui com vocês <3

mari vida ilustradaDC: Mari, conta pra gente como surgiu o Vida Iustrada?

Mari: O “Vida Ilustrada” surgiu tem uns 2 anos. Sentia que faltava um pouco mais de cor no mundo e dentro de mim tinha muita coisa pra sair, então resolvi ilustrar ideias, coisas cotidianas, sonhos…na tentativa de levar um pouco de inspiração e imaginação para as pessoas!
Delícia de presente que ganhei da Mari no lançamento da nova coleção de jóias da Toda Coisinha <3

DC: E qual o propósito do Vida Ilustrada?

Mari: Vendo meus sonhos e anseios ilustrados de alguma forma fez com que eu fizesse acontecer de verdade. No caso, me desenhei andando de bicicleta e eu não sabia andar até pouco tempo e agora aprendi.

Me desenhei tocando flauta transversal e agora tô fazendo aula. Pode ser até besteira, mas é uma forma de estímulo para fazer as coisas darem certo, vendo aquilo representado graficamente faz com que a coragem aumente e aconteça de verdade.

DC: Como surgiu a ideia de unir ilustração e fotografia? Isso tem algum significado especial?

Captura de Tela 2017-07-24 às 13.20.43Mari:  Esse projeto surgiu após um primeiro contato que tive com essa mistura de fotografia e ilustração, em 2013. Fiz um projeto chamado “Me sinto assim”, no qual trabalhei como base a poema “Traduzir-se”,  do poeta Maranhense, Ferreira Gullar.

Tive como interpretação de que o ser humano tem dois lados: o lado externo e o lado interno. A ideia foi trabalhar o lado externo com a fotografia e o lado interno com as ilustrações. E como surge a indagação no final do poema, que se ao juntar as duas partes se viraria arte, juntei então a fotografia e a ilustração pra ver como ficaria :)

A segunda etapa então foi escolher com quem trabalhar. Por motivos imaginativos sem fronteiras e inocência, escolhi as crianças. Trabalhei com crianças de 5 as 11 anos e o resultado foi incrível e o momento vivido foi maravilhoso!

Captura de Tela 2017-07-24 às 13.21.01

Fotografei 7 crianças e apliquei um pequeno questionário. Para conhece-las melhor, tive um auxílio de uma psicóloga na elaboração das perguntas e a forma como aplicar. Eram perguntas como: “Qual o seu maior sonho?” ,”Qual sua cor favorita?”, “Como você se sente agora?”. Foram dois dias bem divertidos!
A terceira etapa foi escolher as fotos… no dia elas se soltaram, botei músicas que elas gostavam enquanto as fotografava e elas curtiram demais! Logo em seguida peguei as partes mais interessantes das informações dadas por elas nos questionários para ilustrar e daí surgiu o “Me sinto assim”.
Os traços dos desenhos foram pensados como se elas mesmo tivessem feito conforme sua idade, uns estão mais certinhos e outros mais rabiscados. Enfim, esse projeto me fez acreditar ainda mais nas pessoas, no futuro e me surpreendi muito com as crianças.  A maioria pensava no “ser” e não no “ter”.
A Lara, por exemplo, me encantou pois queria ser uma flor dentro do mar. Quão valioso é isso!? Demais, né!
E elas ficaram maravilhadas porque no final do processo imprimi cada fotinho ilustrada e entreguei para cada uma. Elas ficaram realizadas ao verem seus sonhos e anseios representados de alguma forma, mesmo que com desenhos :)
Captura de Tela 2017-07-24 às 13.15.27
Em 2016 retomei o projeto com as crianças com Câncer.  Quis presenteá-las no dia das crianças, foi bem corrido pois consegui autorização no hospital do câncer bem perto da data. Junto com uma amiga fotógrafa, Natalia Moura, fomos ao hospital e trabalhei com o mesmo processo fotografias e aplicação de questionários. Fiz toda a etapa de seleção e execução em uma madrugada para dar tempo de imprimir e entregar para as crianças no dia delas! Ainda fiz uma vaquinha com meus amigos para comprar os presentes que elas me pediram e no final deu tudo certo. Foi maravilhoso ver o sorriso delas ao ver seus sonhos representados em meio a tanta dor vivida precocemente. Depois desse momento vou constantemente ao hospital e na fundação visitá-las, eu sou apaixonada por pessoas ainda mais crianças <3

 

DC: Hoje como funciona o Vida Ilustrada?

Mari: Hoje sigo meu projeto pessoal “Vida Ilustrada” mais divulgado na minha rede social, o Instagram (@mari.vidailustrada) no qual continuo expondo meus sonhos, anseios e transformando os sonhos das pessoas também :)

Já realizei vários através do desenho e as histórias que escuto são maravilhosas. Fazer parte e tornar ainda mais memorável um momento especial de uma pessoa não tem preço, sou muito grata! Meu lema é espalhar amor o mais longe que for! Vou continuar tentando tocar e acreditar nas pessoas, no amor e espero tocar seu coração também, és uma grande inspiração de pessoa e artista pra mim!

zizi vida ilustrada

São dos presentes mais lindos que já recebi nesses últimos tempos!

Ah! Sempre faço interação com as pessoas, nesse mundo digital as pessoas parecem mais distantes, adoro falar com quem segue meu trabalho, faço umas brincadeiras no instagram, envio cartinhas, criei uma linha de cartões postais ilustrados e saio mandando por esse brasil pelos correios, virei pombo correio também! Adoro tudo isso!

DC: Como você enxerga o futuro do Vida Ilustrada e o seu futuro profissional daqui uns anos?

Mari: Eu enxergo de uma maneira positiva, o projeto a cada dia cresce mais e já não é só um projeto, é uma extensão minha:) do meu lado mais positivo, mais bonito <3 Então acredito que continuarei seguindo com esse meu projeto e sofrendo mutações. Novas criações na área de ilustração, criando novos produtos, tendo novos contatos com pessoas, criando memórias, contando histórias <3 Tenho vontade de publicar livros ilustrados, criar produtos também com essa linguagem mais divertida :) Meu objetivo e missão de vida é tocar o maximo de corações com a minha arte, conhecer histórias, me conectar com pessoas, fazer com que cada um acredite nos seus sonhos e siga <3

sorteio zizi

E para esse momento especial que é apresentar o trabalho dela por aqui, vamos juntas sortear uma Vida Ilustrada para os seguidores no Instagram <3 Acesse esse link para conferir as regras!

Acompanhem o que a Mari anda ilustrando <3

Mari responde dúvidas e orçamentos por inbox no Instagram ou email (vidailustradadamari@gmail.com).

Tem também a página no Facebook :)

Deixe seu comentário

comentários via Facebook