Winchester

Um “Oi!” da Inglaterra!

por em Viagem
Semana passada começaram as tão sonhadas férias :) E elas vieram com gostinho de surpresa e saudade “matada”.  Hoje escrevo direto de Southampton, na Inglaterra, para onde minha irmã mais velha se mudou há 08 meses atrás com meus dois sobrinhos. A saudade deles era tão grande que logo na primeira oportunidade não pensamos duas vezes e marcamos as férias. Tudo sem avisar a minha irmã que viríamos pra cá (o marido dela sabia, afinal não ia rolar chegar tão do nada, né?)
A turma toda em Brighton

Para isso planejei as férias da lojinha e disse para minha irmã que viajaria para San Francisco. Ela acreditou e foram dois meses tendo que segurar a língua pra não contar sobre a chegada surpresa antes da hora. Não foi fácil e quanto mais perto da data da viagem, mais a saudade apertava.

Eu e a Mari fomos primeiro e depois o Tiago chegou :)

No dia 16 de junho (coincidentemente 8 anos depois da minha primeira viagem para a Inglaterra e também a primeira viagem internacional), depois de quase 30 horas de viagem, eu e a Mari chegamos a Southampton e aí foi só alegria, beijo e abraço. Passamos a semana aqui vivendo a rotina da Bebel com os meninos, acordando cedo, ajudando com as coisas da casa, fazendo comprinhas, conhecendo um pouco da cidade e brincando muito <3

Passeios, comprinhas e presentes (minha irmã me deu uma xícara linda da Cath Kidston)
Com o sobrinho mais novo no dia do jogo do Brasil
O “lovely” quintal da minha irmã (adoro a forma como os ingleses falam lovely)

Na quinta feira (20) o Tiago chegou e aí a farra ficou completa! No sábado pegamos um trem e passamos o dia em Brighton, no domingo fomos a Winchester, que fica a 15 minutos de Southampton e foi a primeira capital da Inglaterra.

Na praia em Brighton 

Brighton é uma cidade do litoral que é pura vibração. Nos fins de semana as ruas viram uma festa, cheias de restaurantes e cafés charmosos, barraquinhas, músicos, dançarinos, lojas das mais lindas e muitas bandeirinhas. Tudo isso fica bem pertinho da estação de trem, descendo a primeira rua à esquerda você começa a encontrar brechós, barraquinhas e restaurantes com as mesas na calçada e no meio das ruas que ficam fechadas nos fins de semana.

Brighton Pier

A praia de Brighton também é linda, com água gelada, pedras redondinhas no lugar da areia e um Pier que na verdade é um parque de diversões. Dá para se apaixonar pelo lugar fácil, fácil e a vontade que fica é de passar mais uns dias ou de montar uma barraquinha na feirinha de rua. Prometo um post com mais fotos de Brighton (tirei muitas!), pois acho que é merecido.

Um café fofo que vendia macarons deliciosos

Domingo foi dia de pegar mais um trem e ir passear em Winchester. Aliás, trem aqui é o que há. Apesar de ter vivido minha vida inteira falando em trem, poucas foram as vezes que realmente andei num (coisa de mineiro). O Centro Histórico de Winchester é relativamente pequeno e o que mais encanta são as construções antigas e os gramados verdinhos dos jardins. Por lá vimos também a famosa Távola do Rei Arthur, dizem que é a original, mas ouvi dizer que existem Távolas do Rei Arthur em várias cidades da Inglaterra. Passar o dia por lá é super agradável e tranquilo.

A surpresa das férias está rendendo e ainda passearemos muito por aqui. E claro que não poderia deixar de ir a Londres rever um dos meus lugares preferidos no mundo. Nossa última semana de férias será por lá e eu estou muito feliz e animada em poder estar em um lugar que amo, com as pessoas que mais amo nesse mundo.

P.s.: Não vou sumir outra vez, assim espero. Vocês podem acompanhar as fotos e os achados da viagem no Instagram e no Facebook ;)