loja virtual

Como é estar Toda Coisinha: 1 mês espalhando fofura pelo Brasil

por em amor
Hoje a Toda Coisinha completa um mês de vida, mas parece ter sido ontem mesmo que divulguei por aqui que estava me sentindo “Toda Coisinha” ao inaugurar a lojinha para o público.
Arte do AM Estúdio Criativo para a página da Toda Coisinha no Facebook

Esse último mês foi intenso, trabalhoso e em alguns momentos senti minha vida revirada de ponta-cabeça, porém em momento algum pensei que não fosse dar conta. Nunca dormi tão pouco e tão tarde na minha vida, e também nunca havia trabalhado tanto. Mas a diferença é que no meio disso tudo, nem tenho me sentido tão cansada como já me senti muitas vezes, pois tenho a plena consciência e a satisfação de estar a fazer aquilo que amo e que escolhi fazer.

Não é tarefa fácil acordar todos os dias às 06h da manhã, trabalhar 08 horas por dia em uma empresa, chegar em casa e ainda encarar uma jornada tripla, pois sou mãe de uma adolescente em fim de etapa escolar, Zizi das Coisinhas e agora, a Sra. Toda Coisinha. Sendo assim, muitas vezes meu dia só termina lá pelas duas ou três da madrugada.

Isso daqui tá parecendo reclame aqui, mas não é, gente! Só quero compartilhar o quanto tenho me esforçado para ver as coisas dando certo, pois poucas coisas nessa vida são melhores que a sensação de missão cumprida e de que tudo vai dar certo, apesar dos medos e inseguranças que não são exclusividades de ninguém.

Nesse último mês acompanhei tanta gente ficando “Toda Coisinha” e fiz tantos planos mentais que precisarei de mais tempo para colocar todos eles em prática. Por isso, o ano que vem começará junto de uma nova etapa da minha vida, cheia de novidades e coisas boas que farei questão de dividir por aqui, pois esse blog é um dos grandes responsáveis por muito de bom que tem se passado comigo e sem vocês, que passam sempre por aqui, nada disso seria possível. 

Mas quer saber o que me deixa Toda Coisinha de verdade? 

É poder fazer as coisas com carinho e com alegria, é isso que sinto a cada pacotinho embrulhado, a cada caixinha cheia de coraçõezinhos carimbados enviada pelos Correios e nesse último mês, já foram quase 100 <3 É muito mais do que eu esperava, do que eu imaginava e além de alegria e carinho por estar me doando a algo tão especial, tão meu para vocês, sinto também uma gratidão enorme.

Mais uma peça cheia de amor do AM Estúdio Criativo

Ver a satisfação de cada cliente que recebe suas coisinhas e me envia uma foto ou mensagem, ver os amigos e a família apoiando, comemorando junto, ter o apoio carinhoso de pessoas talentosas como a Amanda Mol e as Lolinhas, ver que por mais que algumas vezes eu me atrapalhe com contas e horários (não sou boa mesmo com números) no fim dá tudo certo, tudo isso me deixa Toda Coisinha, toda feliz!

Agora, preste bem atenção:

- Para facilitar as encomendas para o Natal, a partir de amanhã (05/12) o prazo para envio dos produtos da lojinha passa a ser 03 dias úteis após a confirmação da compra (não mais 05).

- Quem é de Nova Lima, BH e região, pode combinar a entrega para não pagar frete. É só me enviar uma mensagem para saber como funciona.

- Tem presentinho de Natal! Mas só vai saber o que é quem ficar Toda Coisinha :)

Boas compras! www.todacoisinha.com

Hoje eu tô Toda Coisinha!

por em Dona das Coisinhas
O post de hoje é mais um do tipo “senta que lá vem história”. Isso porque vou dividir com vocês coisas que até então havia guardado para mim, muitos planos e algumas coisinhas mais que vocês até já sabem, mas agora entenderão a ligação que elas têm com o dia de hoje.
Hoje eu tô Toda Coisinha porque estou lançando minha lojinha virtual, tão esperada, tão planejada e podemos dizer que… errr… enrolada. Mas eu acredito que tudo vem no tempo certo, as mudanças só acontecem quando estamos preparados para que aconteçam.
Desde que criei o blog, nutria o desejo de um dia as coisas darem certo e eu abrir uma lojinha virtual, daí eu passaria a trabalhar de casa, teria mais tempo para cuidar da casa e da minha filha e também para escrever mais para o blog e fazê-lo crescer. Isso foi em janeiro de 2012.
O blog foi crescendo a passos lentos e nesse meio tempo eu acabei deixando a ideia da lojinha para quando desse, até porque eu não tinha muito bem definido na minha mente como seria essa lojinha. Fui meio que deixando as coisas, as postagens no blog foram diminuindo, mas minha cabeça não parava um minuto. E a cada dia que passava eu tinha mais certeza de uma coisa: de que apesar de achar que estava desanimada com as coisas, era só mais uma transformação dentro de mim. Pela primeira vez na vida descobri algo que eu realmente amava fazer (escrever, no caso para o blog, fazer minhas coisinhas e garimpar coisas fofas).
Feliz por Londres fazer parte dessa história
Em março desse ano gastei quase boa parte das minhas economias numa viagem que não estava planejada. Aquela coisa que surge a oportunidade de ir pagando mais barato, mas o barato acaba saindo caro no fim das contas. Não pensei duas vezes antes de gastar o dinheiro que eu guardava para as coisas da lojinha indo para Londres visitar minha irmã que estava por lá. Convenhamos, é minha cidade preferida nesse mundo, minha maior vontade era estar lá novamente e com minha irmã estando lá e uma passagem barata para comprar, fui com tudo. Achei que era “a” oportunidade. Depois eu ainda iria para Marrocos e Portugal. Era a viagem perfeita se minha filha não tivesse sido internada 2 dias depois que cheguei em Londres, ela havia ficado no Brasil com minha mãe e nessas horas não há coração de mãe que aguente. A viagem que duraria 20 dias, durou 5. E meu dinheiro foi embora.
Mas de tudo nessa vida a gente tira um aprendizado, pelo menos eu penso assim. E foi na volta pra casa, em meio às lágrimas que eu prometi pra mim mesma que ia correr atrás desses planos que havia deixado de lado e que eram tudo o que eu queria. Prometi que ia ter foco. E desde então vim economizando, montando meu estoque e fazendo minhas coisinhas para que a lojinha viesse ao ar hoje o/
A principal proposta da Toda Coisinha é oferecer acessórios diferenciados para quem ama o que faz. Tudo o que envolve o universo craft, de profissionais independentes como fotógrafos, costureiras, artesãos, ilustradores, viajantes, cozinheiros e decoradores. Você não precisa ser profissional, aqui vale o coração. É uma lojinha para amar e para expressar o amor pelo que faz.
O blog veio caminhando junto, devagarinho… Mas veja como são as coisas, eu que achava que tinha que “esperar” o blog crescer para fazer a lojinha, vi que o que eu precisava mesmo era pegar firme no trabalho e fazer as coisas acontecerem (às vezes a gente demora pra aprender, mas aprende). E acho que foi meio coisa do destino ou sorte esse crescimento acelerado que o blog teve nos últimos meses. Tudo se encaixou perfeitamente.
Bom, junto a isso é inevitável o frozinho na barriga e mais um monte de planos e expectativas. Estou ligada na tomada 220 Volts e eu que não sabia nada dos design da vida, até montei o layout e as peças de divulgação da lojinha sozinha <3 Além disso, na lojinha tem uma sessão exclusiva, só de produtos feitos à mão, por mim.
Teremos novidades e mais produtos chegando antes do Natal :)
Por enquanto, os planos são os seguintes: quero me dedicar mais ao blog e criar cada vez mais conteúdo interessante, eu amo compartilhar aquilo que aprendo e que sei (descobri isso blogando). E também fazer essa lojinha, Toda Coisinha, ter sucesso e ser cada vez mais a nossa cara. Mesmo que por enquanto os posts continuem num ritmo mais lento, prometo entrar em 2014 com tudo! Muitos planos e mais novidades vindo por aí!
E é claro, os agradecimentos estilo convite de formatura não poderiam faltar: Quero agradecer aos meus pais por terem me dado a luz com a qual estou brilhando até hoje (rsrs). Ao Tiago, por ter tanta compreensão e ser meu garoto de programa preferido (ele é programador, ok). À Mari também pela compreensão e boas dicas, às Lolinhas queridas pela amizade, aprendizado, carinho e sinceridade, ao Edu pelas dicas e à Amanda por confiar no meu trabalho. E também ao Guilherme e à Soninha pela marca e ajustes no material da lojinha. Ana Clara que não sei porque, mas não me perdoará se eu não colocar o nome dela aqui (brinks, obrigada por ser minha irmã). E principalmente, aos leitores do blog que agora também serão fregueses, né? Tomara!Acompanhem a lojinha!

Site: www.todacoisinha.com
Facebook: https://www.facebook.com/todacoisinha
Instagram: http://instagram.com/todacoisinha

Espero que gostem!
P.s.: Amanda, o e-mail virou post hihihi

O universo colorido da Amanda Mol

por
Sabe quando você conhece o trabalho de um ilustrador (a) e aquilo te desperta uma admiração tão grande que você não se contenta só em admirar? Daí você tem que ir falar com a pessoa, fuxicar tudo o que ela faz e ainda dividir com quem você conhece? Pois então, assim me senti ao conhecer o trabalho da Amanda Mol.

Além de talentosa, é fofa!
Identificação instantânea
Antes de dar uma pausa para admirar com calma o trabalho da Amanda, tenho certeza que já havia esbarrado com alguma ilustração dela pela internet, pois em uma breve pesquisa no Google vi posts do Decorviva, Pimenta e Limão e outros blogs que conheço ou acompanho falando sobre a moça de Varginha, com seus singelos 23 anos e muito talento.
Mas é que a vida anda tão corrida, que nem tempo de ler meus blogs preferidos tenho tido e foi por acaso, no meio de muita correria, que me permiti uma pausa para ler o blog da Evinha (desses blogs para ler com calma) e lá encontrei as ilustrações primaveris da Amanda Mol. Resultado = boca aberta + curiosidade.
Me encantei pelo trabalho da Amanda e com a quantidade que ela produz, sem deixar em nenhum momento a peteca da qualidade cair. Por isso, resolvi conversar com a Amanda para saber um pouquinho mais do processo criativo e de como tanta coisa linda pode existir ao mesmo tempo no universo de alguém.

O universo colorido da Amanda Mol

Zilah: Conte um pouquinho sobre você, como começou seu interesse pela arte, seus estudos, como surgiu a ideia de trabalhar com ilustração e montar um Estúdio (lindo, por sinal) …

Amanda: Desenhar sempre foi a minha paixão de menina.  E minha “especialidade” era criar mulheres, crianças e casas floridas. (rs) Coincidência ou não hoje sigo uma linha parecida de inspiração!
Estudei design de moda no Rio, e no meu último ano de faculdade (2011) descobri que a ilustração foi o que fez o meu coração bater mais forte durante a graduação. Então, juntei meus lápis, sonhos e coragem e iniciei o meu caminho profissional!
Ter um atelier e um espaço de trabalho bacana é o desejo de qualquer profissional criativo, e comigo não foi diferente. Então, decidi voltar para a minha cidade natal e reunir as experiências dos anos que passei no Rio ao sentimento de paz e aconchego que o meu lar sempre guardou. E assim iniciei minha carreira!

O lindo Atelier da Amanda e suas flores
Zilah: Quais os principais estímulos e motivações que você precisa para criar?

Amanda: Preciso estar em harmonia. Harmonia comigo mesma, com minhas flores, com o espaço em que vivo e com Deus. Assim, cabeça e coração funcionam em conjunto e sou capaz de produzir tudo aquilo que imagino, com motivação e felicidade. Regada a esta sensação, a “famosa” inspiração tem o caminho livre para chegar! :)

Flores, mulheres, crianças, sorrisos, pássaros e um pouco do que faz parte do universo da Amanda
Zilah: E quais são suas inspirações?

Amanda: Me inspiro nas coisas simples da vida e do meu dia-a-dia.
Rostos, sorrisos, cortes e penteados de cabelos, fotos, flores, circo, céus, filmes, pássaros, crianças, pensamentos e poesias, sonhos, pessoas interessantes que conheço ou apenas observo, histórias que ouço e experiências que vivo.
Zilah: Seu trabalho hoje, o que ele representa para você?

Amanda: Representa meus sonhos e descobertas em forma de traços e cores.
Muitas vezes reflexões sobre a vida e sobre coisas que somos condicionados a acreditar. Representa que fechar os olhos e tirar o pé do chão, sem regras e scripts, pode ser melhor do que parece. Me faz acreditar no poder de uma imagem e em como conquistar um olhar por alguns segundos pode conseguir tocar um coração.
E me faz crer, sem sombra de dúvidas, que otimismo e persistência nos levam além daquele arco-íris que antes só apontávamos com dedo. Por que não acreditar que podemos chegar lá?


Zilah: Como se vê no futuro?

Amanda: Vejo uma menina leve e feliz.
(Posso me chamar de menina até os 50 anos? rs)

—–

A Amanda, além de ser uma super artista, é também tatuadora (já quero uma de suas flores no meu braço, pode?), empresária e tem uma lojinha virtual das mais lindas!

Links:

Página no Facebook
Site
Loja Virtual

O Estúdio Criativo da Amanda é tão lindo e florido que merecia um post à parte, mas para quem quiser conferir, ele pode ser visto no Casa Aberta!