Dona da Cozinha

A nova “Dona da Cozinha” e uma receita de Cogumelos Recheados

por em Dona da Cozinha
A partir de hoje dividirei um espaço que gosto muito nesse blog com uma pessoa que sempre dividiu muita coisa comigo. Essa pessoa é a minha irmã mais velha, a Maria Isabel, mas podem chamá-la de Bebel. Digamos que ela dividirá comigo a “cozinha do blog”, um lugar para o qual eu sempre levei muito carinho e boa vontade.
Durante nossa infância e adolescência nós já dividimos (e dividimos até hoje) muitos momentos importantes de nossas vidas, fossem eles nas brincadeiras, nas brigas entre irmãos, na cozinha ou no nosso quarto, o qual dividimos até mesmo depois que a Mariana (minha filha) nasceu. Hoje, mais do que nunca, podemos dizer que dividimos uma relação de companheirismo, apoio e união, na vida e agora, no Dona das Coisinhas.
Conheçam um pouquinho da Bebel:

A Bebel, desde pequena mostrando seus dotes
“Sou a irmã mais velha da Dona das Coisinhas e quando ela nasceu, eu tinha apenas 3 anos e já passava horas na cozinha de casa bisbilhotando a D. Conceição preparar coisas deliciosas. A D. Conceição era uma cozinheira de mão cheia que nos brindava diariamente com seu carinho nas preparações culinárias da casa da Vó Zenaide.Dia de festa em casa, a gente levantava às 6 da manhã para preparar os doces e depois que a Dona Conceição terminava de arrumar a cozinha do almoço era hora de modelar centenas e centenas de docinhos. Nesta brincadeira, a cozinha sempre fez parte da minha vida. 

Mesmo na adolescência, quando eu não cozinhava nada,  gostava muito de comer. O tempo passou…No início da minha juventude redescobri o prazer de cozinhar e aos pouquinhos (bem aos pouquinhos mesmo) estou desenvolvendo e aprimorando esta paixão. Não sei se é por causa das minhas memórias de infância, mas acredito que cozinhar é um gesto de carinho, uma doação de amor em forma de alimento, um afago na  alma. Cozinhar não pode ser para estressar. Cozinhar é paciência, dedicação, amor e recentemente, encontrei na cozinha a tranquilidade que a vida de jornalista vinha me tirando. 


Quando a Zilah criou a tag Dona da Cozinha aqui no blog, a ideia dela era compartilhar receitas fáceis e saborosas, que confortem os olhos, o paladar e alma. Sou leitora assídua do Dona das Coisinhas e fã incondicional da Zizi, pela forma como ela lida com a vida, sempre com criatividade e  bom humor. Estou muito orgulhosa e feliz em compartilhar com ela e com vocês este espaço daqui para frente. Espero que gostem.”

A receita:


Como muitos de vocês já devem saber, a pessoa que criou este blog sofre de paixão aguda por cogumelos e que tal começar com uma receitinha prática e fácil de… Cogumelos Recheados? A Bebel também adora cogumelos, mas prefere os comestíveis. 

Esta receita vai bem como aperitivo, como entrada ou como acompanhamento para uma refeição.


Cogumelos Recheados

Ingredientes:

200 g de cogumelos Porto Bello ou Champignon
1/2 cebola roxa picadinha
1/2 xíc. (chá) de vinho branco seco
1/2 xíc. (chá) de farinha de rosca
70 g de parmesão ralado
1 punhado de salsinha picada
Sal e Pimenta do reino a gosto

Preparo:

Limpe os cogumelos passando-os rapidamente na água e secando-os em seguida. Com uma faca, faça um círculo ao redor da haste, na parte de baixo do parte de baixo do cogumelo. O “chapéu” do cogumelo deve ficar oco para receber o recheio feito com as hastes. Em uma frigideira com fio de azeite, refogue a cebola e as hastes picadas. Acrescente o vinho branco e deixe cozinhar por cerca de 3 minutos. Retire do fogo e misture a farinha de rosca, metade do parmesão ralado e a salsinha.  Acerte o sal. Com uma colher de sobremesa, recheie os cogumelos com este refogado. Coloque os cogumelos recheados em um refratário, regue com um fio de azeite e salpique o restante do parmesão por cima. Leve ao forno pré-aquecido a 180 graus por cerca de 30 minutos.

E então? O que acharam?

Deixem seus comentários para a Bebel :) Com certeza ela voltará com muitas outras delícias práticas e rápidas pra gente!

Brigadeiro de Nutella

por em Dona da Cozinha
Resolvi entrar no clima de Dia das Crianças e postar uma receita que estou devendo há um tempão! Desde a Páscoa, tipo isso! E achando que ninguém lembrava, veio uma leitora outro dia e me cobrou! 
Brigadeiro é aquela coisa que é difícil encontrar quem não goste e de Nutella então… não há quem resista! Juro que é uma das melhores coisas que já inventaram! Sou fã de brigadeiro daqueles com muuuuiito chocolate e se tiver um gostinho de nozes, amêndoas ou avelãs  junto, aí é o céu!
Essa receita de Brigadeiro de Nutella aprendi no MGTV, dias antes da Páscoa, até procurei o link mas não encontrei. De toda forma, vale que ela está aí para vocês se deliciarem!
Ingredientes:
  • Duas latas de leite condensado
  • Quatro colheres de sopa bem cheias de Nutella
Modo de preparo:
Misture o leite condensado e a Nutella em uma panela em fogo baixo, mexendo sempre até aparecer o fundo da panela (ponto de brigadeiro normal).
Para enrolar, você pode usar avelãs trituradas. Quando fiz na Páscoa, coloquei em colherinhas e montei como se fosse um ninho. Ainda embalei em saquinhos plástico para dar de presente.
Um charme, não é? Além de lindo, ficou gostoso demais da conta, sô!

Cupcakes de casamento da prima

por em Coisa de noiva, Dona da Cozinha
Dia 12 de setembro viajei para Porto Alegre. Fui passar uns dias com a família do sul e além disso, dar um a força na produção do casamento da prima Ju (é prima do noivinho mas já é como se fosse minha prima também). Lá passei três dias numa intensa produção de cupacakes, cake pops e marshmallows. E é claro, fiz uma pausa para conhecer o Teo, um mini artista filho de uma companheira dos tempos de  Londres.
Ainda não havia compartilhado as fotos aqui mas, aproveitando que ainda é dia de Cosme e Damião, dia bem conhecido pela distribuição de doces – apesar de que esse ano não ganhei nenhum :( – resolvi fazer a minha parte e compartilhar essas doçuras.
O casamento da Ju e do Anderson foi no dia 15, teve uma cerimônia linda na igreja e depois a festança numa churrascaria. A mesa de doces foi o presente da madrinha, Zizi das Coisinhas e seu noivinho, Tiago.
E ficou doce assim…
Começando por essa mini fofura de massa branca, recheio de geléia de amora e cobertura de ganache de chocolate branco. É amor ou não é?
Depois vieram vários outros modelos, conforme a Ju pediu. Tudo bem colorido (e gostoso). Teve cupcake de chocolate, doce de leite, brigadeiro, cobertura de chantilly, pasta americana, confeitos, cerejas e por aí foi! 

Os com cerejas em cima e os coloridinhos foram inspirados nos cupcakes da Vintage Cupcake

E além dos cupcakes, ainda fiz alguns cake pops e marshamallows confeitados no palito para compor a decoração da mesa.

Nhammm!

Acho que a Ju ficou bem contente com o resultado final! Como não levei a câmera para a festa, minhas fotos não ficaram legais, então roubei a que está aí embaixo do Facebook de uma amiga da noiva hihihi

Para quem vê o post antes de dormir, doces sonhos. E para que vê o post de dia, um dia bem doce.
E por falar em doçura, viram o layout novo do blog? Depois farei um post especial contando como chegamos até esse resultado!

Prato para bolo em duas etapas

por em Dona da Cozinha, Faça Você Mesmo
Como já foi mostrado aqui essa semana, uns dias atrás me aventurei a pintar canecas com a tal da canetinha de escrever em porcelana. Amei o resultado e acho que o pessoal também gostou! 
Agora, a melhor parte eu guardei até hoje mas, confesso que estava super ansiosa para mostrar. E confesso também que tenho pelo menos uns 20 posts quase prontos na lista de espera, tá vendo como sou aplicada? Fui guardando o prato de bolo para um momento especial e eis que esse momento chegou.
O prato – foto mal enquadrada e quase sem foco
Esse é o 99º post do blog e amanhã é meu aniversário (provavelmente o 100º post vem aí, por pura coincidência) o/ Então acho que um prato de bolo para comemorar cai bem, né? Só falta o bolo!
Etapa I – Decorando o prato
Precisa de:

  •  Prato branco
  • Caneta para escrever em porcelana (não recomendo essa do tipo marcador permanente)
  • Tigela ou qualquer coisa redonda de raio menor que o do prato (para marcar a escrita)
  • Paninho e álcool

  1. Limpe bem o prato
  2. Posicione a tigela no centro do prato e faça a marcação para a escrita
  3. Escreva sua mensagem e faça seu desenho a lápis
  4. Faça os contornos e colora com a caneta para porcelana
Depois é só levar ao forno aquecido a 160º durante 90 minutos, conforme indicado na caneta.
O prato depois de ir ao forno, todo pimposo com a caneca da Dona das Coisinhas
Etapa II – Montando o prato

Esta parte do passo a passo foi inspirado no passo a passo que a Mel mostrou no blog dela! Se você não tiver o pezinho do prato, vale usar uma tigela como a Mel fez.

  • Prato
  • Pé para prato de bolo ou fruteira (esse consegui porque uma fruteira da minha irmã quebrou e só sobrou isso)
  • Cola epóxi
  • Paninho
  • Álcool
  1. Com o pano com álcool, limpe bem o pé do prato para tirar qualquer resíduo
  2. Limpe também a parte do prato que receberá a cola
  3. Faça a mistura da cola époxi (vem tudo indicado na embalagem, siga direitinho as instruções)
  4. Passe a cola na base e posicione-a no centro da parte debaixo do prato

Depois posicione alguns pesos e espere secar. Com a cola que usei, tive que esperar 8 horas.
Estão vendo essa caixa? Me apaixonei por ela! Comprei a caixa sem nada, pintei de branco e usei esse papel, que era a parte de dentro de uma sacola para decorar. Minha mãe achou a sacola tão bonita que ficou com dó de não usá-la para nada. Ela tinha razão, né? A caixa ficou perfeita (modéstia à parte) e as duas marcações da sacola serviram direitinho de encaixe para a fita de organza.

8 horas depois… Tcharammm!!

Detalhe do bolo com furo no meio para o coração aparecer 

Espero que se animem de fazer em casa e espalhem muito açúcar e afeto por aí! E cantem muitos parabéns também!